Início Rope Skipping Rope Skipping: Queluz esteve “12 Horas a saltar” num dia de intenso...

Rope Skipping: Queluz esteve “12 Horas a saltar” num dia de intenso calor

64

O Parque Urbano Felício Loureiro, em Queluz, recebeu no passado dia 7 de Maio, o evento “12 horas a saltar”.

Pouco depois dos relógios marcarem as 10h00, o Parque ganhou uma nova vida com algumas crianças a darem os primeiros passos no salto à corda e, especialmente no Rope Skipping.

Em termos gerais, podemos dizer que o Rope Skipping não é mais que uma modalidade que combina saltos à corda com dança e ginástica, como explicaram os organizadores.

Tem como base o aproveitamento desportivo de um gesto ancestral (saltar à corda) utilizando uma diversidade de saltos e acrobacias.

Depois de cerca de 45 minutos de muitos saltos e brincadeiras, foram sorteadas 2 bolas de gelado para um dos inscritos nos vários workshops que iriam decorrer durante o dia.

A manhã de festa prosseguiu com uma demonstração dos atletas da secção de Taekwondo do CAQ e logo a seguir uma demonstração de 4 senhoras do Grupo Sénior de Dança.

A parte matinal terminou com mais um Workshop de Rope Skipping mais ativo e com a presença de alguns adultos, que sentiam algumas dificuldades devido à má forma física e ao forte calor que já se fazia sentir.

Enquanto decorriam estas atividades, num ringue mais afastado do centro do Parque, alguns atletas do Grupo Desportivo de Alcoitão faziam uma demonstração de Basquetebol em Cadeira de Rodas, depois de um grupo de rapazes se ter divertido com a realização de um jogo de Futsal lúdico.

Noutro espaço do Parque, algumas crianças experimentavam algumas brincadeiras tradicionais, como o Jogo do Elástico, Equilíbrio na Slackline e o Jogo da Macaca.

Junto ao espaço principal do evento, havia algumas bancas de comida, onde todos podiam escolher entre sandes, bolos, fruta e sumos, de acessórios relacionados com o Rope Skipping, de arte, moda e joalharia e ainda a apresentação da nova Brizy Dog Accs, loja on-line relacionada com coleiras e chapinhas para os amigos de 4 patas.

Da parte da tarde, a festa deu lugar à competição, muito afetada pelo intenso calor que se manifestava, enquanto o staff e os organizadores tentavam manter os espetadores bem entretidos.

O grupo de percussão tradicional, “Tocá Rufar” fechou a iniciativa, que animou a cidade de Queluz num intenso e quente dia de Maio.

O evento “12 Horas a Saltar” foi organizado pela União de Freguesias Queluz/Belas, Associação Portuguesa de Rope Skipping, Clube Atlético de Queluz e LX Skippers, com o apoio de várias entidades como os Hipermercados Continente.