Início Triatlo IRONMAN Portugal Cascais com mais de 4400 participantes, com recorde de atletas...

IRONMAN Portugal Cascais com mais de 4400 participantes, com recorde de atletas portugueses

65
Kimberley Morrison e Raquel Rocha - Ironman Portugal Cascais 2021

A vila de Cascais acolhe a primeira edição do IRONMAN e a quarta edição do IRONMAN 70.3 Portugal – Cascais. O maior evento de triatlo em Portugal acontece este fim-de-semana. Um número recorde de participantes portugueses em triatlo de longa distância.

É já no próximo fim-de-semana que a vila de Cascais recebe a primeira edição do IRONMAN Portugal – Cascais, no sábado dia 23, e a quarta edição do IRONMAN 70.3 Portugal – Cascais, no dia seguinte.

Este evento tão desejado acontece após um ano de adiamento em 2020, devido à pandemia Covid-19.

A prova da distância rainha IRONMAN destaca-se, na sua primeira edição, com cerca de 2200 atletas de Grupos de Idade, não profissionais e 367 portugueses inscritos.

A prova de média distância, o IRONMAN 70.3, este ano apresenta a lista mais forte de sempre, com 90 atletas profissionais de nomes sonantes do triatlo internacional e nacional. O evento terá mais 70 nacionalidades representadas, cerca de 88% de estrangeiros.

Nos participantes masculinos, o destaque vai para Filipe Azevedo, com o dorsal número dois, um dos atletas portugueses mais bem cotados da atualidade, duas vezes campeão do IRONMAN 70.3 Shangai 2018/2019 e medalha de bronze em Cascais nas duas últimas edições.

De fora, as grandes figuras são: com o número um, o belga Bart Aernouts, vice-campeão do mundo de IRONMAN em 2018, no Havaii; Jan Stratmann, com o dorsal três, o triatleta alemão de 26 anos que venceu este ano o 70.3 de Zell am See e foi 3º em Elsinore e 7º no Dubai; e o trio de atletas olímpicos em Tóquio, o inglês Jonathan Brownlee, o norueguês Casper Stornes e australiano Aaron Royle.

A juntar-se a este grupo, teremos também João Ferreira, vice-campeão nacional de média distância e 10º classificado no mundial de longa distância.

No sector feminino, o nome de Raquel Rocha surge entre as portuguesas. A Bicampeã Nacional de média distância vai ter a companhia da compatriota Vera Vilaça.

Com concorrência de peso, para conseguir a vitória em Cascais terá de ser superior ao trio de inglesas Nikki Bartlett, India Lee e Kimberley Morrison e à suíça Nina Derron, entre outras.

Os atletas que competem no IRONMAN Portugal-Cascais vão nadar 3,8 km (2,4 milhas) numa única volta na Baía de Cascais e sair da água em frente da Fortaleza no Clube Naval. Após a transição, os atletas enfrentarão um percurso de ciclismo de 180,2 km (112 milhas) ao longo da estrada da Praia do Guincho e pela floresta de Sintra antes de entrar no Circuito do Estoril onde outrora competições de Fórmula 1 e Moto GP tiveram palco.

Os atletas terminam o percurso de ciclismo com duas voltas, uma mais curta, em estradas planas e paralelas ao oceano, entre Cascais e Oeiras.

As três voltas do percurso de corrida de 42,2 km (26,2 milhas) têm início de novo no Hipódromo, seguindo a linha costeira da estrada do Guincho até ao Cabo Raso onde retorna a Cascais.

Os atletas que competem no IRONMAN 70.3 Portugal – Cascais no domingo, realizam os 3 segmentos em metade das distâncias: 1,9 km (1.2 milhas) de natação, 90 km (56 milhas) de ciclismo e 21,1 km de corrida.

Na Conferência de Imprensa que se realizou esta manhã na Casa do Lago do Onyria Quinta da Marinha Hotel para lançamento do evento, estiveram lado a lado, Kimberley Morrison e Raquel Rocha.

Para mim é um sonho tornado realidade. Em 2017 pusemos Cascais no mapa do triatlo internacional e agora continuamos esse legado com uma prova da distância full.

Sentimo-nos profundamente honrados por poder proporcionar memórias inesquecíveis aos nossos atletas, que se vão perpectuar nas suas vidas e criar um impacto positivo na economia e no panorama do triatlo em Portugal”, disse Jorge Paulo Pereira, Embaixador da IRONMAN em Portugal.

Este ano temos um grande desafio, que é o regresso à normalidade, num período pós-pandemia, e olhar para o regresso daquilo que são os eventos desportivos e recebermos o IRONMAN não poderia vislumbrar melhor o futuro para a nossa comunidade”, acrescenta Francisco Kreye, Vereador com o Pelouro do Desporto.

É objectivo da autarquia tornar Cascais no maior ginásio ao ar livre em Portugal”.

IRONMAN Portugal Cascais

Notícia anteriorE. Amadora publica foto de Rúben Semedo com André Geraldes
Notícia seguinteEstoril-Praia: CM Cascais lança campanha para ligar a população ao clube