Início Andebol SIM Porto Salvo prepara época 2021/22 na 1ª Divisão Feminina

SIM Porto Salvo prepara época 2021/22 na 1ª Divisão Feminina

43
SIM Porto Salvo

SIM Porto Salvo é um dos emblemas que irão figurar no Campeonato da Primeira Divisão Feminina, na edição 2021/2022.

A equipa de Oeiras conquistou o título de Campeã Nacional da 2ª Divisão, tendo ainda estado presente na Final Four da Taça de Portugal, onde foi afastada da final pelo ARC Alpendorada, perdendo o encontro por 25:23.

Paulo Santos, técnico da formação do SIM Porto Salvo, mostrou-se muito optimista em relação à próxima época.

A expectativa é a mais elevada possível: realizar grandes jogos, jogar e tentar sempre ganhar às melhores equipas nacionais, elevar os nossos conhecimentos técnicos e táticos e pôr-nos à prova, como equipa e como clube de formação de nível nacional.

Os objectivos de um clube que sobe de divisão são sempre manter-se na 1ª divisão, consolidando o nosso ritmo competitivo, que vem desde os escalões de formação. Como não há duas sem três, gostaríamos de voltar a disputar a Final Four da Taça”.

O treinador considera também que, apesar da preparação ter começado um pouco tarde, está a correr bem e a sua equipa está determinada em começar da melhor forma.

Devido a termos acabado a época passada muito tarde [18 de Julho], necessitamos de atrasar um bocadinho o início desta época; no entanto, desde que começámos [a 25 de Agosto], a preparação tem corrido da melhor maneira, com trabalho diário e um forte empenho de todas as nossas jogadoras [as da época passada e todas as novas jogadoras].

Um ponto negativo na nossa preparação foi não termos conseguido realizar o nosso Torneio, por falta de equipas com condições para participar. A equipa encontra-se numa fase de adaptação às novas jogadoras e a um ritmo competitivo muito forte, como é o da 1ª Divisão.

Estamos numa 2ª fase da preparação já mais específica, preparando a 1ª jornada, com o objectivo claro de disputar e ganhar este 1º jogo, aproveitando a pausa de seguida para proceder a ajustes que sejam necessários realizar“, completou Paulo Santos.

FP Andebol