Início Surf Frederico Morais termina WSL na 10ª posição da geral

Frederico Morais termina WSL na 10ª posição da geral

92

O surfista português Frederico Morais terminou o circuito de 2021 da Liga Mundial de Surf (WSL) no 10º lugar, o seu melhor resultado de sempre, após ter sido 5º classificado no Open do México, que fechou a fase regular da competição.

“Kikas” conquistou 20.790 pontos ao longo da temporada, marcada por várias alterações nas etapas inicialmente agendadas, que levaram, entre várias outras contrariedades, ao cancelamento da prova portuguesa, em Peniche, devido à pandemia da covid-19.

Com o cancelamento da etapa do Taiti, anunciado nesta 5ª Feira, a prova mexicana marca o fim da época regular e o fecho das contas para a Finalíssima (formato que estreia neste ano), onde apenas vão competir os 5 primeiros da classificação masculina.

O atleta luso chegou ao México no 11º posto e, ao alcançar os “Quartos-de-Final”, conseguiu ultrapassar no “ranking” geral o havaiano John John Florence, bi-campeão mundial que tem falhado vários eventos esta temporada devido a lesões.

Em 2017, no seu ano de estreia entre a elite mundial do Surf, Frederico Morais ficou no 14º lugar, que era, até agora, o seu melhor resultado.

Frederico Morais foi eliminado nos “Quartos” do Open do México, ao perder com o australiano Jack Robinson.

“Kikas” terminou a sua bateria com 12,60 pontos (5,00 e 7,60 nas duas melhores ondas), ficando atrás de Robinson, que conseguiu 14,06 (6,83 e 7,23).

Na primeira prova depois de ter falhado os Jogos Olímpicos Tóquio’2020, devido a um teste positivo ao novo coronavírus, Frederico Morais conseguiu a sua segunda melhor prestação da temporada, depois de ter caído nas Meias-Finais do Narrabeen Classic, na Austrália.

Notícia anteriorEstoril-Praia anuncia regras de acesso às bancadas do António Coimbra da Mota
Notícia seguinteLiga Portugal BWin: Estoril-Praia empata com V. Guimarães e passa a liderar a competição